fbpx

Sindicalista é pego no flagra por câmera de segurança

Sindicalista no Paraná é flagrado


Mais uma hipocrisia foi flagrada durante uma manifestação da APP-Sindicato, no Paraná, iniciada no dia 23/11, em que professores faziam “greve de fome” contra a prova para contratação de professores temporários e contra o presidente Bolsonaro, segundo Marc Sousa.

A fotógrafa Juliana Correia da Luz postou em sua conta do Instagram a foto de um homem na cadeira de rodas que estava sendo usada para transportar os grevistas mais debilitados.

O resultado de várias tentativas em diferentes ângulos foi o registro de uma pessoa aparentemente em extrema vulnerabilidade.

Em vídeo de câmara externa, o mesmo homem se levantou logo após os cliques (na frente da fotógrafa, inclusive) e aparentou estar perfeitamente bem.

A APP-Sindicato se manifestou alegando que não haviam afirmado que as pessoas estavam impossibilitadas de andar. Mas não se justificaram a respeito do caso em que se deixarem fotografar em uma situação de vulnerabilidade que era falsa.

A fotógrafa apagou a foto de sua rede social após repercussão do vídeo, mas a captura de imagem permanece com a prova.

 

 

 

 

Sobre o Colunista

Bruna Medeiros Uaqui

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: