fbpx

STF manda apreender arma de Janot após declaração sobre Gilmar Mendes

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil


Uma ação da Polícia Federal fez busca e apreensão em apartamento do ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot. O apartamento fica em Brasília.

A ação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal e a medida acontece depois que Janot afirmou ter tido a intenção de assassinar o ministro Gilmar Mendes, em 2017.

O ex-procurador disse que em entrevista a jornalistas de diversos meios de comunicação que, numa ocasião, foi armado ao Supremo com a intenção de matar Gilmar e depois suicidar-se.

Gilmar  disse que Janot de “potencial facínora” e que teria um grave problema psiquiátrico que atinge todas as medidas que ele apresentou e que foram acatadas pela Corte. 

Então, o ministro encaminhou um requerimento a Alexandre de Moraes, que comanda o inquérito que investiga ameaças a integrantes da Corte, pedindo providências contra o ex-procurador-geral da República.

Entre as providências pedidas por Moraes está a suspensão do porte de arma de Janot e a proibição de que ele visite a Corte ou se aproxime de ministros.

Sobre o Colunista

Bruna de Pieri

8 Comentários

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: