fbpx

Tratamento precoce virou palavrão no Brasil, critica senador



O parlamentar do Senado brasileiro Eduardo Girão (Podemos-CE), na última quarta-feira (4), criticou a postura de algumas entidades diante do tratamento precoce do vírus chinês. O senador também lamentou o atual cenário brasileiro, no qual parece que tratamento precoce virou um palavrão no país.

O senador Girão disse ser contra o uso de medicamentos sem recomendação médica, entretanto, também defendeu a autonomia dos médicos para prescrever qual o tratamento a ser seguido no combate ao vírus chinês.

“Eu sou favorável ao uso de máscaras, sou favorável à vacina, sou favorável a isolamento social, mas por que não também o tratamento precoce?”, questionou o senador Girão.

Por fim, o senador acrescentou na sua argumentação um testemunho pessoal. Girão disse que seu pai, de 77 anos, foi infectado, tomou ivermectina e foi praticamente assintomático.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: