fbpx
Divulgação CNJ

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aprova pagamento adicional a magistrados



O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aprovou o pagamento de verbas de direito pessoal a magistrados por tempo de serviço. O relator do processo é o presidente da Corte Henrique Carlos de Andrade Figueira. O órgão não divulgou o porquê da decisão ter sido tomada em sigilo, informou Revista Oeste.

Os valores serão retroativos ao ano de 2005, mas há análise de um recurso contra a decisão em andamento. Depois de julgado, os pagamentos deverão começar em três meses, embora ainda não se saiba exatamente quanto o benefício custará aos cofres públicos.

O analista político Italo Lorenzon, desabafou lembrando da necessidade do Brasil reativar uma Reforma do Judiciário.

“A justificativa é inconfessável, simples assim. Nós precisamos voltar a falar da Reforma do Judiciário, nós vamos voltar a falar sobre isso, espero que seja mais cedo e não mais tarde. A coisa está desembocando no inaceitável”, desabafou.

Sobre o Colunista

Italo Toni Bianchi

Ítalo Toni Bianchi, membro do Movimento Conservador, bacharel em teologia pelo Seminário Teológico Batista Nacional Enéas Tognini. Músico percussionista, leitor, preletor e jornalista do portal Terça Livre.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: