fbpx

Vacina da Oxford será 100% fabricada no Brasil

Fiocruz RJ Rio de Janeiro


A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) confirmou na última segunda-feira (18) que planeja nacionalizar 100% da produção da vacina contra o vírus chinês, desenvolvida pela universidade Oxford em parceria com a farmacêutica AstraZeneca.

A Fiocruz também apontou que o Insumo Farmacêutico Ativo, que atualmente é produzido na China, será feito pela instituição brasileira.

Margareth Dalcomo, médica pesquisadora da Fiocruz e uma das responsáveis pelo projeto, revelou que, até o segundo semestre de 2021, a produção no país será maior do que a demanda nacional.

“Através de um processo de transferência de tecnologia integral, a vacina passará a ser chamada AstraZeneca/Fiocruz e será completamente nacionalizada”, afirmou Margareth.

“E a partir do outono, provavelmente, a Fiocruz poderá fabricar o IFA no Brasil. Com isso, a vacina será completamente brasileira e a capacidade de produção superará, no segundo semestre, a necessidade do Brasil, podendo colaborar com outros países da região”, garantiu a médica.

Sobre o Colunista

Brehnno Galgane

Brehnno Galgane

Graduando em Filosofia pela PUC-Rio, Católico e cultivador de uma narrativa que tenha sentido segundo a forma humana.

Comente

Clique aqui para comentar

Colunistas

Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: