fbpx

YouTube censura dois vídeos de Trump



A plataforma de vídeos, YouTube, removeu dois novos vídeos da campanha de Donald Trump, que alegavam corrupção generalizada na eleição de 2020 e conclamava os eleitores a contatar os legisladores estaduais “para exigir uma eleição livre e justa”.

Em um comunicado à imprensa ontem (11), a campanha do Trump anunciou que havia lançado dois novos anúncios, que além de serem postados no YouTube, estavam programados para começar a ser veiculados na televisão a cabo nacional a partir deste sábado, 12.

“Como evidência de fraude eleitoral e aumento de votos maltratados em estados de batalha em todo o país, a Campanha Trump está lançando dois novos anúncios intitulados“ A evidência é esmagadora – FRAUDE! ” e “PARE O ROUBO! ‘”, disse a campanha.

No entanto, ao clicar nos links que direcionam aos vídeos, a plataforma mostra a seguinte mensagem: “Este vídeo foi removido por violar as Diretrizes da comunidade do YouTube”.

O YouTube ainda não se pronunciou sobre o motivo real da censura.

Ainda nesta semana o Terça Livre noticiou que o YouTube iria remover qualquer novo vídeo da plataforma que alegasse que o presidente americano Donald Trump havia perdido as eleições por causa de fraude.

“Nossas políticas não permitem conteúdo que alegue que fraudes ou erros generalizados alteraram o resultado de uma eleição presidencial dos EUA histórica”, comunicou a plataforma.

Com informações: The Epoch Times.

Colunistas

avatar for Juliana GurgelJuliana Gurgel

Católica, produtora, doutora em artes da cena, professora e aikidoista.

avatar for Paulo FernandoPaulo Fernando

Advogado, professor de Direito Constitucional e Eleitoral para concu...

avatar for Polibio BragaPolibio Braga

Políbio Braga é um jornalista e escritor brasileiro. Nascido em S...

Achou algum erro na matéria? Nos informe através do formulário abaixo: